quarta-feira, 26 de maio de 2010

Gostei da Alice de Tim Burton!



Avatar, Chico Xavier, Alice...Filmes mais comentados do ano, agora que começo a assistí-los...
Por que escrevi Alice de Tim Burton?
Porque essa Alice do filme é de propriedade dele e não de Lewis Carroll.
A Alice original pertence aos livros e é lá que deve ficar, por que nenhum personagem ou história literária por mais fiel que seja adaptada será a mesma.
Todo o livro após lido, se transforma em uma leitura, na visão de quem lê e o que assisti foi isso: Uma leitura, uma visão do universo de Alice.
Os personagens clássicos dos livros são colocados em outra situação, uma terceira história, essa que não existe nos livros. Então não considero adaptação.
Na leitura de Burton, dos estúdios Disney, Alice é essa mesmo: Pop, com sua trama e ritmo frenético, leve, não tanto complexa.
Isso pode decepcionar os fãs de Lewis, que fiquem eles com os livros, pois essa Alice não pertence a ele.
A Alice de Burton não me decepcionou por que do diretor que admiro estava tudo lá: Cenários fantásticos, trilha de Danny Elfman, um humor peculiar, seus bruxos: a esposa Helena Bonham Carter (Rainha Vermelha) e Johny Deep (Chapeleiro).
Não sou xiita, não assisto adaptações e leituras com o livro sagrado em mãos, para mim nenhuma obra é sagrada e vou assistir usando-a como referência, mas sabendo que se tratam de duas obras diferentes.
O livro é melhor? Com certeza! Ele é livro! Se Burton tivesse escrito um outro livro de Alice talvez eu pudesse comparar. O que ele fez é cinema, outra coisa!
A Alice de Lewis me agradou desde a primeira leitura
A Alice de Burton quanto a cinema e a sua proposta, também me agradou!
Para mim, ele não deixou de ser o Tim Burton
Mas a Alice e o País das maravilhas, deixaram de ser os relatados nos livros.
Quem garante que a mera transposição literária seria garantia de um bom filme?
Estamos cheios de equívocos nesse sentido na sétima arte!!!
O bom disso é que inevitavelmente as pessoas acabam (re)descobrindo os livros a partir do estrondoroso comercial feito pelo blockbuster.
É pop? É!
É rasa? É!
O público e os amantes do autor esperavam algo “melhor”?
Eu não!
Então, separando as coisas eu digo:
Gostei da Alice de Tim Burton

Nenhum comentário:

Postar um comentário