quinta-feira, 13 de maio de 2010

Vão pro diabo bandas gringas tributo!! parte 2!!


Matéria do site terra:

PROPAGANDA LEVA ORGANIZADOR DO ABBA COVER A PRISÃO EM GOIÁS

A Polícia Civil de Goiás prendeu na manhã desta quarta-feira um dos organizadores do show da banda cover ABBA The Show, que acontece amanhã à noite, em um clube de Goiânia. O homem, 27 anos, foi detido em flagrante acusado de propaganda enganosa. Para a polícia, a publicidade do evento dá margem ao público entender que o show é da banda original. O quarteto do ABBA parou de se apresentar em 1983.

Outdoors e pinturas de muro espalhados pela cidade mostram o nome da banda separado. Em vez de ABBA The Show, aparece só ABBA em letras maiores, e mais afastado o The Show, mas em caracteres menores. No canto esquerdo a frase "Acredite!!!". Para a Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon), é um truque para as pessoas pensarem que estarão no palco os integrantes originais da banda.

Na verdade, o ABBA The Show é formado por dois integrantes da banda de apoio do quarteto original e mais dois músicos. Mesmo após intimados a se explicarem, os organizadores do evento negam que seja uma banda cover e dizem que é a formação atual da banda e que o grupo tem autorização dos quatro vocalistas para usarem o nome ABBA.

Um acordo feito na semana passada entre a Comissão de Direito do Consumidor da secção goiana da Ordem dos Advogados do Advogados (OAB) e os organizadores do show permitiu que consumidores que se sentiram enganados pela propaganda possam ter o dinheiro do ingresso de volta até amanhã à noite. O Procon municipal também abriu processo para apurar o caso.

Em abril, os organizadores do evento já tinham se comprometido com o Procon em mudar a publicidade do show, identificando o quarteto cover e deixando claro que não são os vocalistas originais, além de explicarem que apenas uma parte da orquestra do grupo cover estaria em Goiânia. ABBA The Show é de Londres e apenas 10 músicos foram para Goiânia.

O sócio do organizador preso se apresentou na delegacia também pela manhã e foi ouvido pela delegada Alessandra Dias Batista. O responsável pela divulgação foi solto após pagar fiança de R$ 2 mil. Ambos vão responder por crime de propaganda enganosa

3 comentários:

  1. Beeeeeeeemmm feitoooo!!! E eu acrediteiiii!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Bah e eu que tava indo amanha comprar ingressos pra esse show, já nem sei mais...fiquei triste agora. Será que eles são bons?

    ResponderExcluir
  3. Não duvido da qualidade deles! mas tem q ser divulgado corretamente! COVeR!!!!

    ResponderExcluir