quarta-feira, 23 de junho de 2010

23/06/2010...Que tombo!!!


Antes de assistir a peça RODA GIGANTE, protagonizei em plena rua da República (O fim ou início não sei!)uma cena de pastelão incrível! UM TOMBO!
Ao lado da Igreja que nunca sei o nome, na esquina da Borges e perto dos restos mortais do teatro do IPE. Ajoelhei, sem rezar!
Iluminação precária, árvores cujas raizes levantaram as calçadas e parecem propositalmente querer nos passar o pé, invadindo nosso espaço assim como invadimos e tiramos os delas.
Foram segundos e ploft! 88 quilos de Luis Carlos Pretto quase beijavam a calçada, salvo pelas mãos espalmadas tipo mesinha de centro.
Ao levantar e seguir capengueando meu caminho tentei lembrar da última vez que caí...Não consegui, pelo menos no andar sempre fui equilibrado.
Dá uma raiva isso, quase meu programa de ir ao teatro se vai! Poderia ter me arrebentado! Segundo estatísticas de amigos meus do HPS, diariamente pessoas com luxações no tornozelo, dedos e narizes quebrados por culpa da falta de manutenção das calçadas e iluminação pública.
Agora que o corpo esfriou...Dor em todo o corpo! Ufff!

Um comentário:

  1. Pior aquela parte da República perto da igreja (que se chama Santo Antônio do Pão dos Pobres e distribui os pãezinhos de Santo Antônio no dia 13/06) é horrível mesmo, parece que tem limo na calçada... Um prato cheio para cair!

    ResponderExcluir