quinta-feira, 3 de junho de 2010

O sonho da casa própria de teatro!


Semana passada lendo o blog que sigo do Bob Bahlis (vide link á direita), vi que ele também compartilha do sonho da casa própria de teatro (sonho de 11 a cada 10 diretores kkk!).
Ele falava que ficava namorando uma casa e imaginando o que fazer, eu faço isso também há muitos anos! Já tive teatro mentalmente na Venâncio Aires, na Jacinto Gomes, No centro, No Partenon, em algum shopping e etc...
Sei que a administração de um espaço próprio pode transformar a realidade do sonho em um pesadelo, mas a possibilidade de:
1) Tirar de nossas casas as tralhas de cenários, figurinos, material gráfico;
2) Ensaiar e poder dar cursos para movimentar o espaço e ajudar a mantê-lo;
3) Ficar quanto tempo quiser em cartaz;
4) Preparar o espetáculo já no local;
Entre outras vantagens, mesmo com as dores de cabeça nunca não vi ninguém que tem seu próprio espaço reclamar. Uma dificuldade aqui, ali, é normal!
Só que o fato de ter liberdade, não depender de Edital, da boa vontade, calendário entre outras cositas é o que eles amam!
NIlton Filho, Zé Rodrigues, Daniela Lima (Hebraica), Cia Stravaganza, Depósito de Teatro, TEPA, Casa de Teatro, os grupos que ocupam a Usina.
Todos eles administram seus espaços e o amam infinitamente, eu que ainda sonho, sempre procuro aprender com esse pessoal para um dia conseguir levantar e criar o meu.
Parabenizo e desejo sucesso a todos os colegas que conseguiram e lutam pelo seu espaço, desejando também que os "sem teto" como eu, consigam os seus!

Um comentário:

  1. Ah... Tirar caixas de figurino do meu quarto, cenários da peça úmida atrás da casa da mãe... Hum... Só isso já seria uma delícia!

    ResponderExcluir