segunda-feira, 7 de junho de 2010

Teatro Nilton Filho


Em setembro a minha peça espírita CAMINHOS QUE CRUZEI, AMIGOS QUE ENCONTREI completa dez anos em cartaz!
A estréia foi em setembro de 2000 na Cia de Arte em única apresentação.
Em Dezembro fomos para o TEATRO NILTON FILHO realizar nossa primeira temporada!
Lembro de ter chegado antes do Nilton e do Hyro, ser recebido pela querida Sueli e ficar na sala de espera olhando os cartazes, fotos, troféus, colunas de jornalistas, lendo elogios ao o trabalho da Cia Teatral Construção coordenada pelo Nilton, Hyro e Carlos Paixão.
Me deu um frio na barriga, embrulho no estômago, precisei sair e caminhar um pouco e respirar...Uma volta na quadra, uma parada no marinha!
Pensava eu "O que estou fazendo aqui, tentando temporada em um teatro conceituado, de artistas premiados e que sabem muito, muito".
Na volta, encontrei em Hyro Mattos um grande anfitrião, querido, simples, que me mostrou a casa dos sonhos deles, que durante duas semanas seria nossa também.
Logo em seguida chegou o Nilton, simpatizei de primeira.
Ajustamos as coisas, rimos, mas ao sair...continuei com aquele frio na barriga e na retina a coluna elogiosa de Hohlfeldt, os troféus e a certeza de que estava em um lugar que respirava arte, arte de qualidade.
Hyro tornou-se nosso colaborador criando a luz da primeira montagem do espetáculo, viajou conosco; Nilton um grande amigo e espírita como eu. E o talentoso e premiado ator Carlos Paixão? Assistiu a peça e interessou-se: Dois anos conosco!
Nilton, Sueli, Hyro, Carlos...Amigos que encontramos, nesses caminhos que cruzamos!
Ficamos 3 anos em cartaz lá, (2000 a 2003) e voltamos após a ampliação do espaço (2008)
Não tem como contar a história dessa peça sem esses personagens reais e queridos que muito nos ajudaram,vibraram e vibram ao nosso favor!

Um comentário:

  1. Muito bem lembrado Lu!!! A ajuda deles foi primordial pro nosso trabalho!! Falando nisso...semana que vem vou dar um pulo lá pra matar as saudades...

    ResponderExcluir