sábado, 19 de junho de 2010

Trânsito e morte...o fim dos tempos!


Navegando pela internet revi o cartaz que ilustra esse post. É do filme Fim dos tempos, do meu ídolo indiano M.Night Shyamalan.
Carros abandonados, destruídos na estrada e pessoas fugindo de um inimigo invisível, esse é o roteiro do filme.
Quando vejo que estatísticamente morrem de 20 a 30 pessoas por fim de semana no trânsito e chego a conta própria que neste ritmo teremos mais 720 mortos antes do fim de ano.
Penso: Isso é sim, o fim dos tempos, esse é sim um inimigo visível mas subestimado, não há Lei seca, não há providência divina que estanque essa sangria pelas estradas.
Como diria Renato Russo na música PERFEIÇÂO: "Vamos comemorar como idiotas a cada fevereiro e feriado, todos os mortos na estrada..."
Temos campanhas na tv, fiscalizações mais rígidas, leis, ONGS de conscientização, meu Deus e nada disso diminui?? E se diminuiu já motivado pelo trabalho dos voluntários, do esclarecimento, da punição, nem quero saber como era a estatística anterior.
Temos que protestar e exigir qualidade de estradas, qualidade dos automóveis, ao mesmo tempo exigir de nós mesmo mais qualidade e precaução na direção.
Após a festa de abertura da copa do mundo, Nelson Mandela perdeu a bisneta de 13 anos, motorista alcoolizado!
Fim dos tempos!
Geralmente há uma piada quando alguém tira a primeira habilitação, a gente diz:
"Ganhou porte de arma agora hein?" - Piada de humor negro, triste e real!

Abaixo o link de uma amiga que segue o meu blog:
http://ong-alerta.blogspot.com/
Eu também o sigo

Nenhum comentário:

Postar um comentário