sábado, 14 de maio de 2011

NENHUM DE NÓS - SHOW...SHOW!


Não é raro eu ouvir no dia da estréia de um espetáculo novo, ou quando o estou divulgando, aquela frase: "Quando tu vai voltar com a peça X, ou Y, ou Z?" Ao mesmo tempo que fico feliz pela lembrança, tendo ciência de que as peças anteriores deixaram boa impressão, fico irritado, pois quero atenção para a minha nova filha!
Imagina então, isso para uma banda com 25 anos de carreira, que se dedicou para criar um novo CD, querendo compartilhar isso com seus novos e antigos fãs.
Foi o que eu vi na quinta-feira, graças ao convite dos sempre queridos e competentes a migos do Clube do Assinante ZH.
Mas, assim como os que faziam as perguntas que me irritavam, eu ouvia com atenção e carinho as novas, mas me perguntava (e ficava ansioso): "Quando vão tocar as antigas"?
Sei de músicos que não estão nem ai, tocam o novo cd inteiro de inéditas, voltam no bis, tocam 3 antigas (Quando tocam) e bye, bye!
Alguns , mais conservadores tocam 10% no máximo do disco novo e dê-lhe as consagradas para agradar o público e garantir a temporada de teatros/ginásios lotados.
Os rapazes do Nenhum de Nós fizeram uma medida certinha, intercalando as novidades (boas!), com os clássicos , com releituras de hits, com versões de outros músicos (Segredos, de Frejat foi fantástico).
Uma banda que toca muito bem ao vivo, mantém o ambiente acolhedor e informal, Thedy com seus vocais perfeitos, sua energia de palco, de alma.
Os caras são músicos bons praCÁÁÁÁÁA´!!!
Ao chegar , busquei ouvir as novas canções...
Feliz de ver novamente ao vivo umas das Bandas Gaúchas que fizeram parte da minha adolescência junto com: Engenheiros, TNT, Cascavelletes, Replicantes, entre outros...
Ainda, sem combinar nada, no meio do show recebo um torpedo com a mensagem: "Pretto, estamos aqui também, olha pra baixo, á esquerda" Era meu primo Fernando e sua noiva Dani...kkkkk!
Convidei meu amigão, músico e ator Daniel Machado e depois nos encontramos os quatro na saída! Showzaço! Valeu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário