quinta-feira, 30 de junho de 2011

Cia Artiurbana 27/06/11

Mostra capa do livro Caminhos

Pretto recebendo o troféu das mãos de Daniela Lima Diretora Teatro Hebraica

Cia Artiurbana no coquetel de lançamento

Lesiane Morahto & Alvaro Dimare: Esquete ELE & ELA


O início da semana que se encerra hoje foi muito produtivo e proveitoso para a nossa Cia Teatral Artiurbana.
O dia mais frio do ano, um dos dias mais quentes de trabalho, eventos e boas notícias!
Apresentação da esquete "Ele & Ela" na CCMQ, recebemos a prova da capa do livro da Peça CAMINHOS QUE CRUZEI, AMIGOS QUE ENCONTREI e fomos no coquetel de lançamento da 2ª Mostra de Comédias do Teatro Hebraica, onde vamos apresentar 3 espetáculos.
Recebendo também o PRÊMIO TEATRO HEBRAICA- Gente que faz cultura.
....
Enquanto o Edital que concorríamos para ocupar a Sala Álvaro Moreira, teve um resultado absurdo e patético, digo, decisão de gente de inteligência muito acima da média, cujo nosso talento e compreensão não alcança. Do dia 12 a 28 de agosto a sala ficará SEM OCUPAÇÃO pq o NADA é melhor que qualquer proposta ou grupo teatral que quer trabalhar.
Temporada de acesso? Acesso de raiva e depois, de riso!!!

quarta-feira, 29 de junho de 2011

ÓPERA DO MALANDRO 2011


Em 2009, na programação do Porto Verão, vibrei com a oportunidade de assistir a uma montagem deste espetáculo do Mestre Chico. Produzido por um grupo daqui, bem pertinho, bem ao alcance, voei para o Teatro de Câmara (lotado, para a alegria de todos).
Apesar de reconhecer a ousadia, a coragem, o esforço de todos os envolvidos para materializar um trabalho tão difícil, ver bons momentos, o espetáculo no geral não me agradou.
Em 2011 eis, que Ernani Poeta aposta novamente nele, mostrando sua personalidade, sua fé, persistência e também mudando (muitas) coisas, demonstrando tbm que está atento a novas formas de contar a história do malandro carioca.
Quando vi que nomes como: Henri Iunes, Douglas Carvalho, Thonny Marques, Marcelo Sória, Vanessa Cassali, o Jovem Henrique Gonçalves, pessoas talentosas que eu já trabalhei ou vi nos palcos, fiquei tentado a assistir novamente.
Gostei! É uma outra montagem, uma nova visão para a boa e velha Ópera do Malandro, pessoal cantando bem, não sendo traídos pelos perigosos microfones, Banda ligadíssima, atuações em um bom nível.
Nunca comento coisas que ao meu ver não funcionaram ou não ficaram legais, pois esse não é meu objetivo nesse blog, o que trago é minha visão geral do que vi e que me agradou.
Feliz com as atuações dos conhecidos e com as novas carinhas nos palcos, do protagonista ás moças da vida, junto com a Geni (Boni Rangel) da montagem anterior que reapareceu para cantar o seu tema e momentos MUSICAIS MUITO BONS MESMO! Arrancando aplausos espontâneos em cena.
Parabéns ao Ernani Poeta e equipe pelo trabalho, abrindo ainda mais o leque de opções do cardápio cultural de POA.

terça-feira, 28 de junho de 2011

CAMINHOS Q CRUZEI, AMIGOS Q ENCONTREI - CAPA DO LIVRO!

Recebi ontem do Gilberto da empresa Exclamação, a primeira mostra de como será a capa do livro CAMINHOS QUE CRUZEI, AMIGOS QUE ENCONTREI.
Ás vésperas de completar 11 anos em cartaz, a peça terá agora a companhia do livro, o registro definitivo da obra original com 128 páginas ditadas pelo espírito Felipe Souza, psicografada pela médium Elis Dutra.
Um sonho sendo realizado, demorou, mas está chegando!
Pela editora Expresso Letras de Benedito Saldanha

Em AGOSTO!



domingo, 26 de junho de 2011

Ele & Ela - Festival esquetes de humor da CCMQ



Amanhã, a Cia Artiurbana entra em "campo" no 1º Festival de Esquetes de Humor da Casa de Cultura Mário Quintana.
Juntamente com outros 35 projetos aprovados pela comissão, vamos ocupar quase dois meses da programação, onde as esquetes serão apresentadas em vários pontos do prédio, excluíndo os óbvios teatros.
5 esquetes todas as segundas-feiras, com duração máxima de 7 minutos, com um intervalo de 15 minutos entre elas para que o público possa deslocar-se entre uma e outra.
Apresentaremos as 19.45 no corredor de vidro do 5º andar, ao lado da Sala Lili inventa o mundo a esquete: Ele & Ela.
Curta cena que retiramos do nosso espetáculo de clown chamado "Entre Tapas & Beijos".
Estejam vocês leitores do meu blog, convidados desde já para a nossa esquete, mas principalmente para o evento:

Confira as apresentações de 27 de junho:

18h30 – Mezanino - “Derivações do Riso”, de e com Alessandro Rivelino de Borba

O ator-performer senta numa cadeira e começa a rir, partindo para um jogo onde o riso está sempre presente, não pretendendo provocar o riso, mas ver e interagir com o que o seu próprio riso provoca.

18h55 – Hall de entrada - “Tampas no Mercado Público”, com concepção do ator-bonequeiro Marcelo Tcheli, e manipulação dele e de Ivânia Kunzler

Tampinhas de garrafas encenam esquetes cômicos tendo como palco o Mercado Público de Porto Alegre.

19h20 - Terceiro andar, entre as passarelas – “Quem”, com concepção, criação e atuação de Sílvia Alves

Fragmento da vida de uma mulher qualquer que procura o diálogo com o público, compartilhando com ele, deforma bem-humorada, seus desassossegos.

19h45 – 5° andar, corredor, ao lado da sala Lili Inventa o Mundo - “Ele & Ela”, com roteito e direção de Luis Carlos Pretto, com Álvaro Dimare (Ele) e Lesiane Morahto (Ela)

Dois namorados clowns, ansiosos pela primeira noite de amor em um motel, conseguem cometer as maiores gafes, menos consumar o ato sexual.

20h10 – CCMQ - “Cara! Como montar um esquete em 24 horas”, de Patrick Bezerra da Silva, com Fayller Augusto, Patrick Bezerra da Silva, Paula Camejo, Mauricio e Ariel

Dois amigos vão se inscrever para um concurso de apresentações de esquetes e ficam em total negligência, contando com o suposto do que possuem para criar. Os jovens são acometidos, então, pelo ímpeto de concluir o esquete, antes que Thiago, amigo de Cara e o Outro Cara passe para pegar o trabalho e fazer a inscrição.


quarta-feira, 22 de junho de 2011

Tartufo de bom!



Tartuuufo de bom!!
Gostei da nova montagem do Grupo Farsa. A segunda batida de Moliére foi firme e forte, encantando a todos no lotadíssimo Teatro de Câmara na última sexta-feira. (17/06)
Queria ter ido na estréia, ou logo na sequência, porém "N " fatores impediram, mas não o suficente para eu não puder prestigiar os colegas antes de mergulhar nas temporadas das minhas peças e não ter tempo para apreciar outros "mundos".
Ficava babando vendo as primeiras fotos, comentários rolarem no facebook, nas críticas e tals.
O Avarento (A primeira batida) eu assisti somente depois de muito tempo, o que não me permiti fazer em relação a Tartufo.
Novamente não tenho o que acrescentar aos elogios e palavras que me antecederam por intermédio do público, colegas e críticos.
Nesta noite, centenas de pessoas ( Artistas, alunos, público em geral) e eu mergulhamos no universo de Moliére em uma versão moderna, diferente, simples, porém ousada!
Banda ao vivo, atores/cantores, linguagem que permite uma interatividade/simbiose com o público, um ar dos filmes do trio americano (ZAZ), improvisos, interpretaçóes na medida, cada um com seu tempo, com seu momento, com a sua importância no desenvolver da história.
O Grupo Farsa não quis se repetir, não quis fazer mais um especial de final de ano de Roberto Carlos, nessa idéia, nessa ousadia, sairam ganhando todos: Artistas e público!
Ainda há um longo caminho para Tartufo, que seja diferente sim, mas tão belo, produtivo e duradouro quanto o Avarento.
Nós como público temos que aplaudir além dos atores (espontâneo, em pé), também aos apoiadores e colaboradores dessa montagem de Gilberto Fonseca.
Ainda tem a 3 batida! ( O Doente Imaginário) Tum, tum, tum!


sexta-feira, 17 de junho de 2011

Festival esquetes de humor CCMQ - Local

Quarta-Feira, Leandro Gass (Iluminador) e eu (Autor e Diretor) fomos escolher o lugar onde vamos apresentar a esquete "ELE & ELA" no Festival de Esquetes de humor da CCMQ.
No palco, em reduzidos 7 minutos de duração, Álvaro Dimare e Lesiane Morahto interpretarão dois clowns com uma tremenda dificuldade de chegar aos "finalmente" em um quarto de motel.
O Festival contará com 36 inscritos, em uma programação de 5 esquetes toda a segunda feira, em quase dois meses de apresentações que ocorrerão em diversos lugares e espaços da Casa de Cultura (exceto os óbvios teatros).
Fotos: Pretto , modelo: Leandro Gass (kkkk!)

Ele & Ela
Esquete da Cia Artiurbana
Segunda-Feira: 27/06 as 19.45
Local: 5º Andar - Corredor que liga o Prédio ao lado da sala Lili Inventa o mundo.
(Ainda sujeito a alterações)


O Público entra pela porta ao lado da Sala Lili Inventa o mundo

O Local onde será montado o quarto do motel - Nosso modelo Leandro Gass sentado

Palco da esquete - Nosso Modelo Leandro Gass com um sorriso colgate


terça-feira, 14 de junho de 2011

Kung Fu Panda 2 (Apenas + 1)


Esta terça-feira (14/06) foi dedicada aos filhotes de Pretto , com uma rara folga entre ensaio e produções, fomos á tarde assistir a continuação das aventuras do fofo e balofo Panda do Kung-Fu.
Eu sou enjoado, sempre que vou assistir a qualquer continuação, não quero mais do mesmo, quero evolução, quero algo a mais, quero um plus, mas ao final da sessão, tive a sensação que o filme é bom, mas apenas mais um.
Diferente da situação de Shrek 2, que era maravilhoso e mostrava um crescimento em relação ao original (Para depois, infelizmente proporcionar os horrorosos 3 e 4) e os Toy Story, Kung Fu Panda não traz nada de novo, apesar da história bem contada e nada gratuita.
De evolução, claro, a tecnologia da animação, o 3D, contando com momentos em 2 D e outras técnicas utilizadas para narrar a nova aventura do Panda e Amigos.
Bom de ver, bem feitinho, mas senti como se fosse apenas mais um filme, apesar de explicar algumas coisas em relação a origem do protagonista.
Para felicidade dos fãs foi mais uma boa aventura.
Ps. O fim do filme já deixa uma bola picando para Kung Fu Panda 3


MOSKETEIRAS - FICHA TÉCNICA


Temos a equipe formada do espetáculo MOSKETEIRAS desde sua concepção. Para minha felicidade todas as pessoas que convidei para o projeto o aceitaram.
Os ensaios ainda contam na sua grande maioria com a minha presença e das atrizes, mas todo o pessoal envolvido, já deu as caras nos ensaios e estão, cada um na sua área, pensando e se dedicando a peça.
Não consegui ainda tirar uma foto de todos juntos (em breve!), mas ao buscar (pegar emprestado) fotos dos seus facebook ou orkut, elas mostram as individualidades, o universo de cada um, que somados farão parte do mundo das Mosketeiras.

Mais informações: www.mosketeirasteatro.blogspot.com

domingo, 12 de junho de 2011

CAFÉ BERTOLDO


Ontem pela primeira vez fui a CASA DE TEATRO, no Café Bertoldo para prestigiar a performance dos meus amigos Jordan Nunes/João Rocha em um set acústico com a sua Banda Rotações. Em seguida, veio Claudio Nilson e seu ótimo conjunto de músicos.
Há muito tempo queria conhecer o Bertoldo, a Casa de Teatro, capitaneada pelo grande Zé Adão Barbosa e pelo que vi, nas duas horas que fiquei por lá, muito bem cuidada com o devido profissionalismo.
Gostei , voltarei sim!
As apresentações foram uma promocão da: VAIA - PROGRAMA MÚSICA AUTORAL - Que merece esse registro e meu respeito por proporcionar a esses músicos iniciantes ou não a oportunidade de mostrar ao público suas canções, suas identidades, sem o óbvio cover na qual eles tem que fazer para sobreviver. Mais info: www.programamusicaautoral.blogspot.com
Fui embora na hora que os teatreiros estavam chegando, sempre após as 23hs, após encerrarem suas apresentações, guardarem figurinos, arrumar pro dia seguinte e tals! Na saída ainda encontrei a querida Pitty.
Boa música, bom ambiente, bom bate papo, uma boa cerveja, pessoas legais, parabéns a todos que movem esse navio que é a CASA DE TEATRO/CAFÉ BERTOLDO.

sábado, 11 de junho de 2011

FESTIVAL DE ESQUETES DE HUMOR CCMQ


A nova Administração da Casa de Cultura Mário Quintana tem realizado umas iniciativas interessantes tais como: Abertura nas segundas-feiras, as apresentações da ORQUESTRA POPULAR DA UFRGS, Ascensoristas nos elevadores, 2ª Cena do Interior em Porto Alegre (Em conjunto com o SATED), entre outras coisas que tenho observado nesses 3 meses que estou frequentando quase diáriamente o local, em vista dos ensaios dos meus projetos.
Claro que muita coisa tem que ser feita, (muitas mesmo!) que certas atitudes, decisões da nova Diretoria podem ter desagradado alguns, mas aqui nesse post me coube salientar coisas que eu julgo muito legais.
Entre elas o: 1º FESTIVAL DE ESQUETES DE HUMOR.
Nós da Cia Artiurbana vamos concorrer com a esquete "Ele & Ela", cena de 7 minutos, tirada da nossa peça ENTRE TAPAS & BEIJOS. Estejam desde já todos convidados para nos prestigiar, torcer para a gente e tbm apreciar essa iniciativa da CCMQ, pois no mesmo dia, outras serão apresentadas.
O QUÊ: Ele & Ela - Esquete de humor - 7 minutos
DIA: 27/06 - Segunda-feira - 19.45hs
Elenco: Alvaro Dimare & Lesiane Morahto
Op.Luz: Leandro Gass
Roteiro e Direção: Luis Carlos Pretto

Maiores informações sobre esse e outros eventos: www.ccmq.com.br


quinta-feira, 9 de junho de 2011

X-MEN FIRST CLASS - DE PRIMEIRA!


Já elogiado pela crítica e pelo público, o novo filme dos mutantes da Marvel acaba de ganhar também o meu elogio!
Fazendo jus aos bons 3 filmes anteriores, com a produção do ótimo Bryan Synger (Que até hj não entendemos como largou o 3º filme para derrubar o Superman), First Class nos leva ao passado dos super-heróis.
A amizade na juventude entre Xavier e Magneto, a formação da primeira turma, misturando ficção com acontecimentos reais, exatamente a mesma química que fez da Franquia X-MEN uma das mais bem sucedidas de público e crítica dos últimos anos.
Tudo se encaixa perfeitamente no que vinha sendo mostrado no presente, onde os filmes anteriores se passavam, e até Wolverine (Hugh Jackmann) resolve passar rapidinho para dar um oi (para a alegria dos fãs).
Recomendo! Bom mesmo!
Diversão e cinema...De Primeira Classe!



domingo, 5 de junho de 2011

ORQUESTRA POPULAR DA UFRGS


Quinta-Feira fui prestigiar no Teatro Bruno Kiefer a ótima apresentação e iniciativa da ORQUESTRA POPULAR DA UFRGS, um concerto beneficiente em prol da Clínica Esperança: Crianças Aidéticas Abandonadas.
Depois de um ter um breve aborrecimento, juntamente com umas cem pessoas pelo local estar fechado (Entrada do Teatro) até as 20.15 , estando ali muitos idosos de pé, fomos brindados após nos acomodar com: MPB, Jazz e temas de filmes, muito bem executados!Abriram com o rei do pop Michael Jackson com a dobradinha Thriller/Don't Stop 'til You Get Enough.
A Simpatia e o bom humor do Maestro Marcelo Nadruz, a competência dos músicos, nos proporcionaram uma hora de boa música, de cultura, e ver o teatro lotado me deixou feliz, sinal que os jovens, os adultos, os idosos estão ligados nessa importante iniciativa da Orquestra e da Casa de Cultura Mário Quintana.
Vou ficar atento as próximas apresentações, divulgar e levar o maior número de pessoas junto.

FICHA TÉCNICA
direção artística de Alex Prinz, coordenação operacional de Antonio Vicente Furlan e coordenação do Projeto de Extensão, Amauri Lablonovski.

O Grupo conta com 23 músicos. Marcelo Nadruz (maestro), Rafael Lima e Alexandre da Rosa Silva (sax alto), Claudio Sander e Guinter Kramm Jr (sax tenor), Gustavo Arthur Müller (sax barítono), Neivaldo Lucas, Sérgio Luis de Oliveira Dias, Jaderson da Silva Crescêncio e Carlos Maximiliano Villalba (trombones), Paulo César França (trombone baixo), Huberto Martins Rosa (bombardino), Jaime Freiberger, Renato Dall Ago, Alex Jardim Prinz, Antonio Vicente Furlan e Jorge da Rosa Silva (trompete), César Audi (bateria), Claudio Cunha Calcanhotto e Antônio Marcos Barbosa (percussão), Jeferson Marx (guitarra), Everson Vargas (baixo) e New (piano).

Criada em 2011, a Orquestra Popular da UFRGS, projeto de Extensão do curso de Música do Instituto de Artes, tem como objetivo criar um ambiente para execução instrumental de música popular dentro da universidade, possibilitando aos alunos também uma prática de
música de câmara com enfoque popular.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

SE BEBER NÃO CASE PARTE II


Minhas últimas opções cinematográficas tem sido as POP! Com a cabeça fervilhando com os ensaios, reuniões, apresentações nos meses de junho/julho de 5 peças, programa na rádio web, livro do Caminhos, vendas de espetáculos e tals, estou indo ao cinema para relaxar e tentar "gozar".
Gozar sentindo o prazer de apreciar uma obra da sétima arte, independendo do que ela está oferecendo, se é o riso fácil, se é o super heroi, não importa, estou em uma fase que quero diversão, tragédia? Gente gritando? Desgraça? No momento não, obrigado!
No meu post:http://luiscpretto.blogspot.com/2009/09/se-bebernao-case.html, eu falei da grata surpresa que tive com o primeiro filme, me afinizei com o tipo de humor utilizado e os atores impagáveis.
Na continuação, o fator surpresa é zero, as piadas são quase as mesmas, a situação também. Mas mesmo assim, se consegue dar umas boas risadas.
Ao contrário do filme anterior que comentei, dos piratas do caribe, que mantiveram os bons personagens, mas nos apresentaram elementos novos junto aos tiques e características dos protagonistas, este só nos leva a um novo cenário, novo País, mas para a minha felicidade, os personagens também voltaram, bem.
SE BEBER NÃO CASE II, não é tão inferior ao primeiro, não faz feio diante do original, mas a gente sempre quer ver uma evolução, algo a mais, aqui não tem. As mesmas piadas, incrívelmente contadas de novo e...Engraçadas!
Bom...O Personagem do Ken Jeong, Sr. Chow ganha mais espaço e é hilário!
Quem não gostou do primeiro, vai odiar o segundo (ou nem irá ver!)
Quem gostou do primeiro, irá ao menos simpatizar com o segundo (como eu!)

PIRATAS DO CARIBE 4- TESOURO DE DIVERSÃO


Fazia tempo que não me divertia tanto no cinema. Em posts anteriores eu comentava dos filmes pipoca que andava assistindo ultimamente, que tinham cara de sessão da tarde, que só faltava o nescau e a pipoca de "verdade" pq ela nunca é igual a do cinema, não tem jeito.
Mais pra matar o tempo, sem muita expectativa entrei no cinema para assistir a nova aventura do fantástico personagem interpretado por Johnny Deep, o Capitão Pirata Jack Sparrow.
Eu havia assistido somente o bom primeiro filme, não me animei a seguir acompanhando as aventuras dos Piratas do Caribe, e retornei agora para assistir esse.
Dizem os fãs da série, que não perdi nada não assistindo as aventuras anteriores, eu curti muito esse filme.
Johnny muito a vontade e nos trazendo um pouco mais desse que é um dos personagens de maior sucesso do cinema, bem acompanhado de atores fantásticos: Geoffrey Rush, Penélope Cruz em personagens não menos interessantes.
Jack corre em busca da fonte da juventude (Saudades já do Indiana Jones)e nos traz quase duas horas de boa diversão, com suas gags, seus trejeitos e suas frases de efeito , contando, como eu disse, de outros personagens e momentos interessantes.
A MELHOR PIADA DO FILME: A PARTICIPAÇÃO ESPECIAL DE KEITH RICHARDS (Guitarrista dos ROLLING STONES), como o Pai de Jack.
JACK- Pai, você já esteve na fonte da Juventude?
PAI- Olha bem pra mim, eu tenho cara de quem já esteve lá?
Tenho certeza que esses dois doidos riram muito no set !

PS. O CARTAZ QUE ILUSTRA ESSE POST É DA LINDA PENÉLOPE! SORRY JOHNNY!!