quarta-feira, 29 de junho de 2011

ÓPERA DO MALANDRO 2011


Em 2009, na programação do Porto Verão, vibrei com a oportunidade de assistir a uma montagem deste espetáculo do Mestre Chico. Produzido por um grupo daqui, bem pertinho, bem ao alcance, voei para o Teatro de Câmara (lotado, para a alegria de todos).
Apesar de reconhecer a ousadia, a coragem, o esforço de todos os envolvidos para materializar um trabalho tão difícil, ver bons momentos, o espetáculo no geral não me agradou.
Em 2011 eis, que Ernani Poeta aposta novamente nele, mostrando sua personalidade, sua fé, persistência e também mudando (muitas) coisas, demonstrando tbm que está atento a novas formas de contar a história do malandro carioca.
Quando vi que nomes como: Henri Iunes, Douglas Carvalho, Thonny Marques, Marcelo Sória, Vanessa Cassali, o Jovem Henrique Gonçalves, pessoas talentosas que eu já trabalhei ou vi nos palcos, fiquei tentado a assistir novamente.
Gostei! É uma outra montagem, uma nova visão para a boa e velha Ópera do Malandro, pessoal cantando bem, não sendo traídos pelos perigosos microfones, Banda ligadíssima, atuações em um bom nível.
Nunca comento coisas que ao meu ver não funcionaram ou não ficaram legais, pois esse não é meu objetivo nesse blog, o que trago é minha visão geral do que vi e que me agradou.
Feliz com as atuações dos conhecidos e com as novas carinhas nos palcos, do protagonista ás moças da vida, junto com a Geni (Boni Rangel) da montagem anterior que reapareceu para cantar o seu tema e momentos MUSICAIS MUITO BONS MESMO! Arrancando aplausos espontâneos em cena.
Parabéns ao Ernani Poeta e equipe pelo trabalho, abrindo ainda mais o leque de opções do cardápio cultural de POA.

8 comentários:

  1. Muito obrigado, Pretto, sempre gentil!!! Essa Ópera vai deixar saudades... Sucesso e Beijos do Duran!!!

    ResponderExcluir
  2. AMO MUITO TUDO ISSO!!! Como o Douglas Carvalho ta dizendo: "Essa Ópera vai deixar saudades!" Beijos da Dóris kkk

    ResponderExcluir
  3. Que querido o Pretto! "Nunca comento coisas que ao meu ver não funcionaram ou não ficaram legais". Sinal de que ele, acima de tudo, é um gentleman e não está tentando usar a internet para simplesmente aparecer. Entendo também que, apesar de não ser o objetivo desse blog especificamente, críticas construtivas são SEMPRE bem vindas (quando não tem o óbvio e único objetivo de simplesmente achincalhar sem reconhecer os méritos ou o contexto em que o trabalho foi feito). E é por isso também que eu achei bem vindo o sincero comentário de que tu não gostastes da montagem anterior. Eu tenho um enorme carinho por todas as nossas montagens porque, como tu bem dissestes, foram feitas com coragem e o esforço de materializar um trabalho difícil de um musical deste porte. Nunca fomos pretensiosos, mas sim, sempre tivemos o objetivo de tentar apresentar um espetáculo mais coerente possível com a mensagem que queríamos transmitir. Melhorar a execução e a forma de apresentar essa mensagem sempre foi o objetivo de Ernani Poeta. E essa galera nova que temos agora REALMENTE ajudou o Ernani a atingir esse objetivo. Fico feliz com o teu reconhecimento de que isso tem acontecido. Parabéns pelo teu blog "do bem"!

    ResponderExcluir
  4. Valeu pelos comentários e elogios pessoal. Como também faço teatro, as vezes fico receoso de comentar trabalho de colegas e ser mal interpretado. Mas não posso me furtar de compartilhar com os leitores o que tenho assistido e deixar registrado aqui o bom resultado que foi A Ópera do Malandro. Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Depois de ler o comentário do Boni fiquei motivada a deixar o meu agradecimento ao Pretto pela sua delicadeza na colocação das palavras em relação à montagem anterior e reconhecimento do esforço e coragem desta montagem de 2011.
    Compartilho do seu reconhecimento em relação à persistência e fé do Ernani, pela sensibilidade e acuidade artística dessa concepção 2011.
    Eu, particularmente, integrei as montagens da ópera de 2006 a 2008, não estive na montagem de 2009 e, como bem disse o Boni, nunca fomos pretensiosos. SEMPRE soubemos das nossas limitações e as dificuldades foram muitas MESMO!! Sempre achei uma atitude de coragem, dedicação e um exercício de superação todas as vezes que conseguimos colocar esse espetáculo no palco.
    Por esses vieses da vida juntei-me a essa montagem no finalzinho do segundo tempo, o que me foi uma grata surpresa ter a oportunidade de contracenar com pessoas tão especiais e talentosas.
    Sabemos que mesmo essa montagem tem inúmeros pontos que poderiam ser melhorados, mas superados todos os entraves e limites estivemos lá de corpo, coração e alma.

    MUITO OBRIGADA!

    ResponderExcluir
  6. Fernanda Majorczyk1 de julho de 2011 03:49

    Também agradeço pelos comentários! Quando fui convidada, por meu amigo Douglas, para fazer a substituição da Teresinha (pois o trabalho e os ensaios já estavam em andamento) não pensei duas vezes. Apesar de amar musicais nunca tinha tido a oportunidade de fazer um musical, e para mim foi uma grande experiência e um grande aprendizado. Conheci pessoas especiais e que se dedicaram muito para que esse trabalho fosse realizado.
    Grata pelo reconhecimento e por sua crítica!

    ResponderExcluir
  7. Bom,como não comentar diante de tão amáveis palavras.Também me motivei a deixar meu agradecimento!Fui convidada pelo meu queridão amigo Henrique Gonçalves,fiquei emocionada e agradecida.Sabia que ficar ao lado de pessoas talentosas,(como os amigos ai de cima...)seria de grande responsabilidade e aprendizado.Tenho certeza que TODOS sentirão muitas saudades dessa Ópera!
    Muito obrigada por ter feito parte desta história...
    Parabéns pelo blog!
    Ah,EU AMO OUVIR e VER ESTES COLEGAS CANTAREM!!Aii chorava sempre no camarim rsrs
    Bjos da Dorinha Tubão,hehe
    Cris Clezar

    ResponderExcluir
  8. ÊÊÊ!!! Teatro é união, celebração, colaboração, respeito e participação!
    Como eu disse: Não precisamos amar todo mundo igual, nem gostar de tudo (isso é impossível), mas o mínimo de respeito e consideração, há que se ter, em todas as áreas da nossa vida.
    "Não faça com os outros, o que não gostaria que fosse feito com você". Simples!
    Abraços!

    ResponderExcluir