segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Meia Noite em Paris! Impossível ver só uma vez!


Entre as correrias de gente "anormal" como eu, fui assistindo alguns filmes, peças e como a prioridade era utilizar esse blog para divulgar minha arte eu fui deixando de postar meus comentários sobre o que andei vendo por ai.
MEIA NOITE EM PARIS - Assisti no fim de semana de estréia no ótimo cinema Artplex no Bourbon Country, (Meu cinema favorito) cópia estalando de novinha. Fã de Woody Allen é suspeito para falar, quando se gosta muito de um artista a gente tem até dificuldade de ter uma impressão negativa do trabalho, nos apegamos a uma frase, a um detalhe que justifique na nossa mente a admiração por cada novo passo, nova obra. (Sou assim com Legião Urbana/Beatles/M.Night Shyalaman) e esse novo filme, para mim é uma pequena obra prima.
Achei regular o filme anterior (Você vai encontrar o homem dos seus sonhos) apesar de curtir o ar "Allen" e ver "monstros" em cena.
Neste último sábado, fui assistir de novo, na simpática cinemateca Paulo Amorim na CCMQ, para meu espanto, mais de cem pessoas no sábado a noite, alguns como observei, assim como eu, indo assistir pela 2ª vez.
A cópia estava já bem desgastada, com aqueles típicos "riscos", saída de foco, ruídos no som e tals, mas a obra por si só contentou mais uma vez.
Owen Wilson é um canastra de "sorte", faz cada bomba, quase se mata com drogas, ao mesmo tempo tem oportunidades de estar em obras tão boas como essa.
Um filme que se a gente contar um pouco do enredo, estraga, vi que muita gente optou por esse filme pelo mesmo se passar em Paris, sem levar muito Woody em conta, e com certeza não saíram decepcionadas.
Admito que alguns artistas retratados ou citados, me escaparam e aí está a função também da arte: Nos prestar informações! Nos ensinar!Logo fui pesquisar sobre os que me fugiam o conhecimento e complementar o que eu sabia sobre os citados/representados.
Um filme para fã e não fã ter em casa! Informação, arte e entretenimento todos juntos!
O cartaz que escolhi para esse post para mim é o que melhor representa o filme, mas entendo a opção pelo outro que tem o casalzinho apaixonado (?) que é mais "vendável".



Nenhum comentário:

Postar um comentário