domingo, 28 de agosto de 2011

PLANETA DOS MACACOS. A ORIGEM!


Macacos me mordam! Nunca gostei dos filmes do planeta dos macacos (apesar de algumas coisas interessantes ou que ficaram marcadas no cinema), tampouco do seriado que visitavam constantemente os cinemas e as telinhas da tv no decorrer dos anos 70.
O planeta dos Macacos, primeiro filme datado de 1968, estrelado por Charlton Heston teve quatro sequências horrorosas para um nada fã como eu, mas bons para os simpatizantes.
Na febre da macacada ainda nos anos 70, eu assisti o primeiro filme no cinema da minha vida: Os trapalhões no planalto dos macacos, ainda lembro do Humorístico: O planeta dos homens! Cuja abertura era o macaco Sócrates abrindo uma banana, e ao invés da fruta, uma bela mulher!
Para horror dos macaco maníacos, gostei da versão de Tim Burton de 2001, só não entendi até hoje o que ele queria com aquele final (alguém entendeu?).
Mas eis, que dez anos depois, ressuscitam a série, recorrendo aos já famosos "reborns" de séries de sucessos do cinema, ou simplesmente quando os estúdios não tem mais nada de interessante para fazer.
Gostei de Planeta dos Macacos a origem! E acho que os macaco fãs, se apagarem a série da mente e curtir o presente que é essa nova abordagem, também irão gostar.
James Franco é um cara legal de ver na tela, e para minha felicidade também tem a lindinha Freida Pinto (Já disse que te amo?), juntamente com o bom John Lithgow e o já competente "captador de movimentos" Andy Serkis.
O filme é bem feitinho, o roteiro é legal, apesar de já deixar bem claro quem vai morrer, quem vai se dar mal e bla, blá, blá.
Mais um exemplo de que a computação gráfica bem feita ajuda a contar uma boa história, não para atrapalha-la ou tornar-se a personagem principal.
Me rendi a macacada do ano 2011, vou ficar atento as prováveis continuações e para ver a lindinha Freida Pinto de novo (Apaixonado por ela, desde: Quem quer ser um milionário)


Nenhum comentário:

Postar um comentário