terça-feira, 30 de agosto de 2011

SUPER 8 (Ou oitenta?)


J.J Abrams é o Steven Spielberg do presente! Cheguei a essa conclusão depois de observar a caminhada desse diretor cujo seriado LOST foi o grande sucesso que o catapultou para outros seriados, mídias e cinema, culminando agora nessa parceria de ambos em SUPER 8 - O Filme.
O Filme escrito e dirigido por J.J contando com a produção e o aval do pai do E.T, poderia também chamar-se SUPER 80!
Pois vemos muitas semelhanças com os filmes com crianças pré-adolescentes que visitavam as telas seguidamente pelas mãos de Spielberg, e outros outros.
Alguma coisa de Fica comigo, Goonies e principalmente E.T. O Extraterrestre me vieram a lembrança ao assistir esse bom filme.
Não é porque ele se passa nessa década, tampouco porque ele apresenta a tecnologia do "Walkman" é sua magia, sua inocência, sua forma de ser narrado que nos traz essa gostosa nostalgia.
Adolescentes unem-se na idéia de rodar um filme de zumbis (moda atual, altamente identificável aos amantes dos filmes e games. Ao invés do super 8, hoje qualquer câmera de celular, dá pra fazer algo trash!).
Na hora de filmar seu clássico, um "acidente" de trem interrompe o trabalho dos meninos e ele revela-se depois não ter sido ao acaso, foi provocado, liberando uma força misteriosa que vai destruindo a cidade e revelando-se aos poucos.
Gostei da nostalgia (Incomoda-se quem não entendeu a proposta), um filme divertido, bem interessante que recomendo!
Spielberg não iria deixar de produzir um projeto desses, fazendo isso, além da boa grana que ganhou, ele homenageia a si mesmo, e proporciona mais uma oportunidade a esse bom diretor e roteirista contar suas histórias.



Nenhum comentário:

Postar um comentário