quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

NOITE DE ANO NOVO


O filme é uma colcha de retalhos no mau e no bom sentido. As vezes supre as tuas necessidades, as vezes é curta demais e deixa teus pés destapados, as vezes o tecido é confortável, em outras partes áspero. Te conforta e te incomoda em uma mesma noite. As vezes tu olhas estendida na cama e acha linda, outras tu achas feia e vê as falhas na costura entre os tecidos ou a beleza da combinação delas.
Pra comer uma pipoquinha e passar quase duas horas de distração vale! Mas não espere mais do que clichês o tempo todo, mesmo torcendo que seja surpreendido por alguma ação/reação dos personagens diferente do que eles de cara, já te contaram.
O Diretor Garry Marshall do hipermega sucesso UMA LINDA MULHER é o maestro desse encontro de astros em um mesmo filme (timaço).
Mesmo com tanta gente boa ali, o filme não te conquista! É regular com momentos bons e clichês que as vezes te irritam.
Aqui e ali tem coisas no roteiro que até te empolgam, momentos bons de diálogos, personagens, situações, pra depois tudo descambar no mesmo.
Noite de Ano novo deve agradar os fãs dos contos de fadas românticos contemporâneos de Garry, mas pouco para quem queria um pouco mais do que pipoca e gargalhadas.

PS. Tem umas mensagenzinhas "água com açúcar" típicas de ano novo que me agradam (Quem não tem seu lado careta, atire o primeiro bib's)

E preparem-se para uma chuva de anúncios comerciais na tela!

Nenhum comentário:

Postar um comentário