sexta-feira, 5 de abril de 2013

Atitude política com resultado!

Ter sido militante de um partido que vence as eleições (partido não, candidato, pois hoje, os partidos estão partidos, fragmentados, onde o que menos conta é a ideologia afim) não desautoriza os outrora chatos militantes daqueles que acham que são os melhores, os mais honestos, os mais preparados e blablablá, em protestar quando a coisa fica "feia".
Ninguém mais autorizado a xingar o marido que uma esposa traída, ninguém mais autorizado a reclamar do seu time do que um sócio em dia, ninguém mais autorizado a procurar o gerente do que a cliente vip do restaurante.
Então, feridos na confiança, no amor pela bandeira eles vão as ruas e tem de ser assim.
Aqueles que não votaram no partido A, tecem comentários bobos como "Votou nele? Te rala", como assim cara-pálida? Todos nós nos "ralamos", o mesmo vale para aquele que se abstém de votar, perpetuando os mesmos no poder, sem dar uma chance a renovação na câmara, congresso, governo.
Os simpatizantes do partido no poder, tem sim, o direito e o dever de "chiar" e todos nós, simpatizantes ou não, devemos nos unir em ações, manifestações que dizem respeito a todos.
Apesar de ficar feliz com a conquista da tarifa voltar a R$ 2,85 ao invés do R$ 3,05, para mim foi uma vitória cômoda pois, não fiz nada além de repassar alguns e-mails, registrar algumas opiniões, na hora de pagar a passagem mais barata estarei ciente de que não fui pra rua, pra chuva, pro movimento, e outras pessoas "desocupadas" que estavam se ocupando de materializar um ato político conquistaram para mim.
O deputado Feliciano está na Secretaria de Direitos Humanos por que o PT venceu as eleições com total apoio da maioria dos artistas e ONGS que hoje estão berrando aos quatro cantos quanto a indicação. Ora, votou, endossou, tornou-se cúmplice do Governo e dos seus aliados.
Nem por isso estão desautorizados a chiar, chiar muito!!!
E não é só Don Feliciano, é Calheiros e dezenas de secretários, senhores/senhoras em cargos cujo histórico está aliado a corrupção e atos de preconceito.
A Presidente, o Prefeito, o Governador, todos amarrados, enroscados em alianças e perdidos no labirinto do jogo do poder.
A atitude política começa com um voto UM BOM VOTO! E um povo traído, unido, jamais será vencido.
Parabéns aos jovens, aos organizadores, aos simpatizantes, aos que se mobilizaram efetivamente nesse gesto político.
A
os depredadores de patrimônio público (Sempre tem uns cabeças de vento para estragar) o rigor da lei!

A foto que ilustra esse post é de Ramiro Furquim - Site 21 - http://www.sul21.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário